certificacoesQualidade1200x248

Revisão da norma ISO/TS 16949 para IATF 16949
Não fique para trás nessa corrida!
Conte com a DQS

Revisão ISO/TS 16949 para IATF 16949

"Principais mudanças publicadas no DRAFT"

IATF 16949:2016 - O novo padrão internacional para a gestão da qualidade na indústria automotiva.

- Em outubro 2016, a IATF (International Automotive Task Force / Força tarefa da Indústria Automotiva) publicará a IATF 16949:2016 que substituirá a norma atual ISO/TS 16949 e se tornará mandatória como padrão internacional para sistemas de gestão da qualidade na indústria automotiva.

- O objetivo dessa nova norma internacional é o desenvolvimento de sistemas de gestão da qualidade que:

- Proporcionam a melhoria contínua
- Enfatizam a prevenção de defeitos
- Incluem requisitos específicos e ferramentas da indústria automotiva, e
- Promovem a redução de variação e desperdício na cadeia de fornecimento.

A ISO/TS 16949, em conjunto com os requisitos específicos de clientes, aplicáveis, define os requisitos básicos de sistemas de gestão da qualidade para empresas que atuam no ramo automotivo (produção/serviços, peças e acessórios). Ela tem um foco muito forte no cliente e foi desenvolvida em conjunto com as mais diversas partes interessadas, entre elas: auditores, certificadoras, montadoras e fornecedores.

A ISO/TS 16949 foi publicada inicialmente em 1999 para alinhar e substituir as diferentes especificações da indústria automotiva americana e europeia (QS-9000, VDA 6.1, EAQF, AVSQ). Ela é uma especificação técnica com base na ISO 9001 e define os requisitos do sistema de qualidade para a cadeia de fornecedores da indústria automotiva.

Antes da publicação da ISO/TS 16949, uma empresa que fornecia para montadoras norte-americanas (por exemplo: General Motors, Ford ou Chrysler) e para montadoras alemãs (por exemplo, Volkswagen e Mercedes-Benz), precisava se certificar tanto na norma QS-9000 quanto na VDA 6.1.

Com sua publicação, pela primeira vez, um padrão comum para sistemas de gestão da qualidade, no setor automotivo, foi definido e aceito por todas as montadoras unidas na IATF. A certificação, de acordo com a nova especificação técnica, entrou como exigência contratual nos contratos de fornecimento e se tornou um pré-requisito para todas as empresas que atuam na cadeia de fornecimento da indústria automotiva mundial.

Em 1999 e 2009 a ISO/TS 16949 foi revisada e hoje aproximadamente 50.000 plantas são certificadas no mundo inteiro neste padrão normativo. Ela contém, em sua versão atual, os requisitos da ISO 9001:2008 com todo seu conteúdo original, complementado com os requisitos específicos para a indústria automotiva. Assim, com a publicação da nova ISO 9001:2015, que contém uma estrutura completamente nova e requisitos novos e revisados, também surgiu a necessidade de uma revisão da ISO/TS 16949.

Diferente da ISO/TS 16949, a IATF 16949 não é mais uma especificação da ISO, mas sim uma norma e marca registrada da IATF. Mesmo assim, ela vai referenciar a ISO 9001:2015 e respeitar toda sua estrutura e requisitos. Esta norma não deve ser utilizada isoladamente, mas sempre como um suplemento e em conjunto com a ISO 9001:2015.

Além dos requisitos novos e revisados da ISO 9001:2015, a IATF 16949:2016 exigirá também o cumprimento de vários requisitos novos e/ou revisados específicos da indústria automotiva que se tornaram necessários para atender ao avanço tecnológico e problemas recentes da indústria automotiva.

As mudanças mais relevantes são:

- Requisitos relacionados à segurança de peças e processos.
- Melhores requisitos para rastreabilidade de produtos com o objetivo de dar suporte as mudanças regulatórias mais recentes.
- Requisitos para produtos com software incorporado.
- Exigência de um processo de gestão de garantia, incluindo atendimento NTF (“no trouble found”) e o uso das orientações/guias da indústria automotiva.
- Clarificação dos requisitos para gestão e desenvolvimento de fornecedores.
- Adição de requisitos de responsabilidade corporativa.

A IATF publicou em agosto de 2016 as regras para a transição da ISO/TS 16949 para a IATF 16949 (“IATF 16949 Transition Strategy”) que contém algumas informações muito relevantes para todas as empresas já certificadas ou para aquelas que planejam a certificação no futuro, e prevê:

- Todos os certificados existentes de acordo com a ISO/TS 16949:2009 perdem a sua validade após 14 de setembro de 2018;

- Todas as auditorias (inicial, acompanhamento, re-certificação, transferência) após 1º. de outubro de 2017 já devem ser conduzidas com base na IATF 16949;

- Diferente de comunicações anteriores, a transição para a nova norma somente pode ser realizada dentro dos prazos para as auditorias do ciclo existente (ex. na data para uma auditoria de recertificação com tolerância de -3 meses/+0 mês);

- A transferência de uma certificadora para outra não é permitida em conjunto com uma auditoria de transição;

- As auditorias de transferência serão conduzidas com um volume de auditoria igual a uma re-certificação e o cliente certificado recebe um certificado novo com uma validade de três anos;

- Antes da transferência, uma verificação da documentação revisada e de evidências da implementação dos novos requisitos, deve ser realizada (mínimo: um auditor/meio dia) para assegurar que a empresa esteja adequadamente preparada para a transição.

- As unidades remotas devem ser incluídas no processo de transição. As auditorias de transição das unidades remotas de apoio devem ser realizadas antes da auditoria de transição do(s) site(s) que elas dão suporte. 

Vale a pena destacar que as empresas certificadas não deveriam esperar até o último momento do prazo de transição, pois neste caso elas correm um sério risco de ficar um período sem certificação valida, caso elas precisem de tempo além do dia 14 de setembro de 2018 para fechar eventuais não conformidades identificadas na auditoria de transição. O novo certificado será emitido apenas após o fechamento de todos os pontos pendentes. Com o objetivo de evitar problemas na última hora, a DQS recomenda já utilizar as auditorias de manutenção planejadas para 2017 para a transição.

As regras de transição podem ser consultadas no documento original, disponível na página da IATF na internet:(http://www.iatfglobaloversight.org).

Michael Drechsel
Managing Director
DQS worldwide

"Participe do 2º Fórum DQS - Principais Mudanças IATF 16949 - DRAFT"


- Alterações em relação à nova revisão;
- Apresentação dos requisitos;
- Requisitos em relação a documentação do sistema;
- Regras e processo de certificação;
- Estudos de casos/trabalhos em grupo;
- Abordagem de requisitos específicos;
- Troca de experiências.

Público Alvo
Auditores internos e Gestores de sistemas da qualidade do setor automotivo, de empresas certificadas ISO/TS 16949:2009 que pretendam entender as mudanças do DRAFT da ISO/TS 16949 e capacitar-se para realizar as mudanças necessárias para a transição da norma. Para um maior aproveitamento, o Fórum é restrito a um número máximo de 20 participantes por turma.

Pré-requisito
Os participantes devem ter bons conhecimentos da norma ISO/TS 16949.

FÓRUM IATF 16949 PRINCIPAIS MUDANÇAS-DRAFT



Data: 07 de outubro de 2016
Duração: 1 dia | Carga Horária: Diária 8 horas
Local: DQS do Brasil Ltda.
Av. Adolfo Pinheiro, 1001 - 3º andar - Santo Amaro
São Paulo-SP
Investimento: R$ 200,00 | para inscrições até 06 de setembro
R$ 230,00 | para inscrições de 07 à 29 de setembro
R$ 250,00 | para inscrições após 29 de setembro

Valor da inscrição por participante

Informações: Telefone: (11) 5696-5935 com Vanessa Souza
Inscrições Limitadas !!!
E-mail: treinamento@dqs.com.br

ENVIE SEUS DADOS COMO INTERESSADO